Por que conhecer o perfil da sua equipe é tão importante?

Posted By on mar 7, 2016 | 0 comments


Saber qual o perfil comportamental de cada um da sua equipe pode ser um fator decisivo na conquista de metas e objetivos.

Cada vez mais, empresas aumentam sua percepção de que o capital humano da companhia é o ativo mais valioso. Estudos e mais estudos brotam, diariamente, falando sobre a importância de desenvolver habilidades e competências, sobre a heterogeneidade como impulsionador de desempenho, programas de inclusão como ferramenta de aumento de produtividade — e até mesmo de faturamento — dentre diversos outros que direcionam os líderes a pensarem sobre a atual situação das suas equipes.

É importante saber que as culturas organizacionais estão evoluindo a cada minuto que passa, e o desenvolvimento das suas habilidades profissionais é fator determinante para o seu crescimento em um ambiente corporativo. Foi-se o tempo em que um diploma de uma boa universidade era suficiente para dar enorme vantagem sobre os demais colaboradores e te colocava à frente.

Atualmente é necessário um aprimoramento profissional muito mais abrangente do que somente conhecimento técnico para que a probabilidade de sucesso na carreira seja real.

Muitas companhias já adotam, por exemplo, avaliações de perfil comportamental — também conhecido como assessment — para variados programas, tais quais de:

  • sucessão
  • recrutamento & seleção
  • retenção
  • planejamento de carreira dentre outros.

Estas avaliações permitem aos líderes acesso a um conhecimento mais aprofundado de cada um dos seus liderados, em aspectos relevantes para a saúde operacional do departamento ou do projeto. Elas apontam gaps e potencialidades e permitem traçar métricas para o desenvolvimento de acordo com uma régua de calibragem — entre os objetivos traçado pela empresa para aquela função e o perfil do avaliado.

Além disso, possibilita a estruturação de uma equipe com perfis e competências variadas, que edificam sinergia comportamental e agreguem maior capacidade de desempenho grupal.

A heterogeneidade da equipe, tanto de habilidades técnicas para a operacionalização do departamento quanto de perfis comportamentais para construção de um perfil grupal abrangente, é um dos principais atores na solidificação de novas ideias e projetos inovadores, resultando em uma equipe dinâmica e de gestão otimizada.

O assessment como ferramenta estratégica

fonte: Google Images

Entender a sua equipe e saber estruturá-la de forma assertiva é de suma importância para o startup das atividades do departamento e manutenção da parte operacional, fazendo com que todas as engrenagens funcionem em sintonia.

Entretanto, é interessante perceber os programas de assessmentprincipalmente como uma ferramenta de estratégia organizacional da empresa/departamento.

Além de permitir uma estruturação inicial que diminui drasticamente (se não exaure) erros de contratação, possibilita também a elaboração de um plano de desenvolvimento para cada colaborador, direcionando-os e alinhando-os aos valores da organização, permitindo, pois, uma maior identificação entre ambos os lados.

Ter colaboradores que se identifiquem com os valores da empresa — e transmitam-nos — é um objetivo que todos os departamentos de RH (e todos os gestores) desejam alcançar, mas poucos conseguem. Essa identificação carrega consigo um clima organizacional mais estável e leve, já que todos estão caminhando para o mesmo lado, além de facilitar o entendimento, por parte do colaborador, da sua real função e do que é esperado do seu trabalho, permitindo maior resiliência e paciência.

Para os líderes, pode funcionar como uma ferramenta de otimização do seu trabalho enquanto gestor de pessoas. Pelo fato de as avaliações trazerem uma visão geral tanto sobre o comportamento de seus liderados como também quais são seus pontos fortes e aqueles à desenvolver, o assessment o direciona de maneira assertiva à melhor tratativa com cada participante da sua equipe.

Analogamente, funciona como um guia escrito de tratativas e de desenvolvimento individual para cada colaborador, permitindo maior autonomia para os membros da sua equipe, maior sintonia na relação líder-liderado e, consequentemente, maior qualidade e rapidez nas entregas.

As avaliações de perfil comportamental são, então, ferramentas estratégicas para a elaboração de um planejamento a longo prazo, pensando na retenção e desenvolvimento dos seus colaboradores como ativos fundamentais para a saúde operacional (e, certamente, financeira) da empresa, alinhando valores, objetivos e assegurando o atingimento de metas de forma mais assertiva.

O eBook “Como desenvolver sua equipe em momentos de crise” é o primeiro material rico da Hunter Consulting Group relacionado ao assunto de desenvolvimento organizacional. Faça o download, confira!

Rafael Oliveira, 29 anos, é formado em Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Já trabalhou como diretor de arte e designer freelancer, mas encontrou sua paixão profissional no marketing & comunicação. Atualmente é gestor do departamento na Hunter Consulting Group e gosta de falar sobre os mais diversos assuntos ligados ao mundo corporativo: desenvolvimento humano, liderança, marketing, empreendedorismo, gestão, mercado e política.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tendências para o mercado de RH: como redesenhar a organização e sua liderança | Hunter Consulting Group - […] conhece perfil da sua equipe como ninguém e consegue direcionar as tarefas certas para os profissionais certos, otimizando […]
  2. O novo líder corporativo: 05 dicas de como ser um! | Hunter Consulting Group - […] primeira – e talvez mais importante – pergunta que se deve fazer é: eu conheço mesmo o perfil de…
  3. Líder, saiba qual é o seu estilo de liderança e como utilizá-lo em seu favor | Hunter Consulting Group - […] líder deve aguentar o stress constante de prever possíveis problemas, melhorar o engajamento e a sinergia entre a equipe,…

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *