5 momentos em que o coaching pode ajudar você ou sua equipe!

Posted By on mar 7, 2016 | 0 comments


Em um mercado de trabalho tão concorrido quanto o de hoje, autoconhecimento e conhecimentos específicos do mercado no qual está inserido são essenciais para boas oportunidades profissionais.

O mundo não é o mesmo de antes. Em todos os aspectos — profissional, pessoal, emocional e até mesmo espiritual — , o cenário evoluiu, e oscaminhos que podem ser trilhados multiplicaram-se muitas vezes. São várias as oportunidades, em diferentes graus, mas também são muitas as exigências para que consigamos nos inserir.

Aqui e acolá surgem histórias do menino que era atendente do McDonald’s e conseguiu virar CEO de uma indústria farmacêutica, da ex-cortadora de cana que virou dona de uma grande rede de franquias de bolos e por aí vai. Isso valida o argumento de que sim, as oportunidades estão aí!

Claro, nenhuma delas vem sem esforço, dedicação e muito foco. Pesquisando, é possível perceber que essas pessoas definiram um objetivo e, sem pensar duas vezes, foram à luta, ficaram noites sem dormir e investiram muita energia e dinheiro para que a conquista fosse possível.

A maiorias dos profissionais, em algum momento de sua carreira, entra em crise. Não sabe o que fazer, como fazer para evoluir profissionalmente, que caminhos devem seguir ou até mesmo onde querem chegar.

Certamente você já passou, ou está passando, por algum destes momentos na sua vida profissional:

  1. Indecisão sobre que caminho seguir.
  2. Falta de perspectivas de crescimento no trabalho.
  3. Infelicidade com a atual profissão.
  4. Sentir-se incapaz de evoluir.

Dentre outras muitas possibilidades, estas podem ser razões pelas quais os profissionais acabam procurando ajuda para resolver problemáticas.

Além disso, muitas empresas, ao se depararem com cenários de reestruturação organizacional, de sucessão de executivos, de capacitação da liderança (dentre outros projetos) se veem com a necessidade de desenvolver determinados profissionais de seu quadro de colaboradores para que não haja déficit de desempenho, performance e atingimento de metas.

No universo corporativo, o coaching é uma excelente ferramenta para direcioná-los ao caminho correto para o atual momento, além de ajudá-los a desenvolverem-se, caso necessário, para o atingimento dos objetivos definidos.

coaching, na metodologia adotada pela Hunter, é definido como

um meio condutor do profissional assessorado para a ampliação da sua autopercepção e do pleno entendimento do seu entorno, bem como o posterior ajuste e desenvolvimento das suas habilidades, de maneira natural, sem imposições de argumentos, tornando o aprendizado muito mais efetivo e duradouro.

Ou seja, o programa torna-se responsável por fazer com que o coachee — o profissional que é assessorado — seja capaz de perceber, por si, seus pontos desenvolvimento e seus potenciais já estruturados, além de clarear a sua visão sobre perspectivas futuras.

Assim, vamos listar 5 oportunidades em que o coaching pode mudar a sua vida ou a da sua equipe. Confira:

1. Você está prestes a ser promovido ou a trocar de área

fonte: www.google.com

Provavelmente este é um dos casos mais frequentes. Nestes programas para sucessão de cargos, geralmente as companhias procuram por consultorias para realizarem uma avaliação do atual perfil do colaborador que será promovido, detectando suas competências e seus gaps para que, depois, alinhados com os valores da empresa, sejam desenvolvidos potenciais latentes do assessorado que não estejam ainda atuantes.

Este é um programa extremamente valioso tanto para a empresa quanto para o profissional assessorado. No primeiro caso, é possível dirimir possíveis futuros problemas de atuação do colaborador, antecipando-se e preparando-o para que ele esteja paramentado e possua todas as ferramentas necessárias para ajudar a empresa a prosperar. Para o coachee, é uma oportunidade única de ter uma visão de um especialista, direcionando para tornar-se um profissional mais qualificado, emocionalmente equilibrado, com capacidade de assumir responsabilidades e tomar decisões com maior rapidez e assertividade.

2. Desenvolver o seu potencial ou de alguém da sua equipe

fonte: www.google.com

Algumas vezes é possível perceber o desalinhamento entre a percepção da empresa e a autopercepção do assessorado sobre o seu potencial. A empresa, avaliando o perfil comportamental e as competências do colaborador, acredita que ele esteja na posição correta, mas o profissional não consegue perceber o mesmo. Neste caso, a empresa contrata o programa para que o potencial latente do coachee seja aprimorado em competências e habilidades percebidas, transformando-o, então, em realidade.

Potencial por si só não traz resultados. Somente o potencial aplicado em ações o faz.

coach, quando detectada uma problemática como essa, tem um trabalho de desenvolvimento emocional do assessorado, principalmente. Além disso, o direciona para adquirir mais conhecimentos técnicos e vivências práticas na área que atua, ajudando-o a fortalecer suas habilidades e conhecimentos específicos e técnicos/teóricos.

Neste caso, podem ser realizadas diversas atividades mais práticas para desenvolvimento de habilidades de autoconhecimento e autodesenvolvimento, nas quais o assessorado se torna ator de análise e de mudanças, ao mesmo tempo.

3. Você acredita que faz o que deveria fazer, mas não se acha bom o suficiente

fonte: www.google.com

Nesta situação, o coaching serve para, além de ampliar a sua percepção sobre as suas reais competências, te ajudar a desenvolver as habilidades que lhe faltam e que possam estar influenciando sua percepção.

O programa, neste caso, te ajuda a desenvolver a autopercepção de seus gapse potencialidades, trazendo um autoconhecimento e fortalecendo a autoconfiança. Sabendo quais são os seus pontos fortes e seus pontos a se desenvolver, é mais fácil para o assessorado traçar um plano de ações com foco.

4. Desenvolvimento e aprimoramento de competências alinhadas com a organização

fonte: www.google.com

Esta é, também, uma situação bastante comum na qual companhias procuram o coaching para o desenvolvimento de seus colaboradores. Em casos de sucessão ou nova contratação, principalmente, os profissionais podem ter as habilidades técnicas e teóricas completamente desenvolvidas para desempenhar a nova função, mas não possuem competências comportamentais essenciais para o alinhamento com os valores da empresa.

Neste caso, o coach torna-se responsável por, primeiramente, ampliar a percepção da importância destas competências no assessorado para o seu desenvolvimento profissional dentro da empresa.

Com essa nova visão sobre o seu trabalho, o seu entorno e o perfil comportamental necessários, o assessorado passa, então, a desenvolver as competências propriamente ditas, de maneira mais natural, entendendo a importância deste processo, através de aprendizado empírico que o guiem para resultados positivos.

5. Você quer um redirecionamento profissional, por não gostar mais do que faz

fonte: www.google.com

Muitas pessoas acabam se deixando levar pelos acontecimentos da vida. Em um dado momento, percebem que estão infelizes no trabalho e não sabem como sair desta situação, ou pra onde devem ir.

Aqui, o programa tem um objetivo diferente. É obrigação do coach — aquele que comanda o coaching — fazer com que o profissional assessorado consiga fazer aflorar seus reais desejos, perceber qual é o seu perfil comportamental, alinhados com as possibilidades que o mercado provém. Assim, o coacheedetermina, por si só, o cenário propício para que encontre o seu caminho de maior sucesso.

É possível até mesmo que o coachee perceba, no final, que sim, ele gosta do seu trabalho, mas estava com um mindset que não o permitia visualizar isso.

O eBook “Como desenvolver sua equipe em momentos de crise” é o primeiro material rico da Hunter Consulting Group relacionado ao assunto de desenvolvimento organizacional. Faça o download, confira!

Rafael Oliveira, 29 anos, é formado em Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Já trabalhou como diretor de arte e designer freelancer, mas encontrou sua paixão profissional no marketing & comunicação. Atualmente é gestor do departamento na Hunter Consulting Group e gosta de falar sobre os mais diversos assuntos ligados ao mundo corporativo: desenvolvimento humano, liderança, marketing, empreendedorismo, gestão, mercado e política.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Empoderando a liderança da sua organização: projeto de avaliação, estruturação e reorganização | Hunter Consulting Group - […] coaching é uma ferramenta extremamente eficaz para este momento, já que proporciona uma nova percepção […]

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *